NOTÍCIAS

Caso Marielle Franco: reviravolta na investigação pode envolver até políticos

Ministro acredita que autoridades estejam envolvidas em caso.

A morte da vereadora Marielle Franco está mexendo com muitas pessoas. Entender o que aconteceu com a representante do PSOL, no Rio de Janeiro, virou o objetivo de muitas pessoas. Nessa semana, o Ministro da segurança pública, Raul Jungmann, fez afirmações importantes sobre o caso Marielle Franco. As palavras do Ministro podem indicar uma reviravolta na investigação sobre o crime.

Raul Jungmann acredita que morte de Marielle Franco tenha sido ordenada por autoridades

Sem citar nomes, o Ministro da Segurança Pública revelou que acredita que o crime teria sido encomendado por autoridades, principalmente algumas em cargos políticos. Ele, no entanto, não chegou a citar que nomes seriam isso, preferindo não entrar em uma polêmica ainda maior.

Anúncios

“Quando você tem o envolvimento daqueles que detêm o poder, [eles] de fato têm uma capacidade de, digamos assim, uma resiliência e uma capacidade de mobilizar defesas ou mobilizar meios de resistir”, começou o Ministro Raul Julgmann ao falar sobre o caso Marielle Franco.

‘Mas, não tenho a menor sombra de dúvida de que não há nada que impeça a intervenção e a equipe que lá está de denunciá-los, a todos”, disse o ministro ao falar sobre o caso, que é um dos principais a serem abordados durante essas eleições.

Anúncios
TAGS

Edgar Ferreira Aguilar

Edgar Ferreira Aguilar se formou em direito, mas era o jornalismo que iria calcar sua caminhada. Formado pela Uerj, ele se especializou em documentários e, mais tarde, no jornalismo online. Edgar passou pelo IG e pelo Portal UOL antes de fazer parte da equipe do 'Ideal Notícia'.

ARTIGOS RELACIONADOS