ENTRETENIMENTO

Gravação de série da Globo termina com um morto e um ferido

'Aruanas' estava sendo gravada na Amazônia, quando houve incidente.

A Rede Globo está gravando sua nova série, batizada de ‘Aruanas’, na Amazônia. No entanto, a gravação da produção terminou em tragédia. Nesta quinta-feira, 13 de setembro, durante um intervalo da gravação da série, quando as equipes de apoio se deslocavam, houve uma batida entre dois barcos. Um dos funcionários que prestava serviço para a Globo morreu. Outro ficou ferido.

Anúncios

Homem morre em intervalo de gravação da série ‘Aruanas’, na Globo

De acordo com as primeiras informações, o homem identificado como Lucas Henrique Xavier Cardoso chegou a ser socorrido após a colisão entre dois barcos, mas ele morreu no local. Já Paulo Henrique Xavier Cardoso, que também estava na colisão, teve apenas ferimentos. A emissora, no entanto, não deu informações sobre o estado de saúde do homem.

“Na manhã desta quinta-feira, no deslocamento para o set de gravação de ‘Aruanas’, coprodução da Globo e da Maria Farinha Filmes, o barco que dava apoio à Maria Farinha nas gravações na Amazônia colidiu com um outro barco’, disse a emissora, que lamentou a perda e desejou condolências às famílias dos envolvidos.

Anúncios

Caso envolvendo morte na Amazônia lembra tragédia de Domingos Montagner

A série Aruanas tem previsão de estreia na Globo já para o ano que vem. No elenco da produção, entre os nomes famosos e de destaque estão os de Leandra Leal, Taís Araújo, entre outros.

Não é a primeira vez que um acidente envolvendo uma produção da Globo acaba em morte. O caso mais lembrado aconteceu em 2016, quando Domingos Montagner morreu afogado nas águas do Rio São Francisco. Ele interpretava, na época, o Santo da novela ‘Velho Chico’. No momento da morte, o ator, que estava acompanhado da atriz Camila Pitanga, aproveitava o tempo livre entre os dias de gravação.

A tragédia na Amazônia com um morto e um funcionário, para alguns, lembrou a morte de Domingos.

TAGS

Alícia Moura

Alícia Moura já trabalhou nas principais assessorias de imprensa do Rio de Janeiro. Formada pela UFRJ, ela atuou na Alerj e também na Eletrobrás. No 'Ideal Notícia', Alícia trabalha no meio de campo entre os veículos e nossos jornalistas.

ARTIGOS RELACIONADOS