SERVIÇOS

Greve dos caminhoneiros começa em todo o país após vitória de Bolsonaro

Caminhoneiros em todo o país fizeram paralisações pedindo melhorias.

Neste segunda-feira, 29 de outubro, houve paralisações de caminhoneiros em diversas partes do país. No território nacional, a vitória de Jair Bolsonaro fez com que agora um novo caminho político se estabeleça e, por isso, os motoristas de caminhão já querem negociatas com o futuro presidente do Brasil. Jair só assume o pode em janeiro, mas desde agora tem os problemas de sempre.

Anúncios

Motoristas de caminhão anunciam nova greve em todo o país

Na primeira grande paralisação dos caminhoneiros desse ano, houve falta de combustível em todo o país. A greve dos caminhoneiros obrigou o governo do presidente Michel Temer a se reposicionar e abaixar o preço do diesel nas refinarias. O problema é que a relação de amor entre governo e caminhoneiros durou pouco.

Veja também: Bolsonaro é eleito presidente do Brasil: assista ao vivo primeiro pronunciamento

O motivo da greve é o descumprimento da tabela do piso mínimo do frete, que os caminhoneiros entendem como uma falha da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Segundo os motoristas, as transportadoras estão pagando um valor abaixo do frete mínimo, além de “perseguirem” os caminhoneiros que não aceitarem o valor.

Paralisação dos motoristas de caminhão começa novamente em todo o país e caminhoneiros querem negociar com Jair Bolsonaro, eleito presidente - Foto/Divulgação
Paralisação dos motoristas de caminhão começa novamente em todo o país e caminhoneiros querem negociar com Jair Bolsonaro, eleito presidente – Foto/Divulgação

Greve dos caminhoneiros já mira o governo Bolsonaro

Encabeçada pelos caminhoneiros de Goiás, a greve começa com uma “fiscalização informal”: boqueio de pistas e de entradas das fábricas. Espera-se que caminhoneiros de Santa Catarina também possam aderir à paralisação. Se o movimento vingar, o governo já sabe que precisa ser rápido para evitar o pior.

Veja também: Bolsonaro vota de colete à prova de balas, após nova ameaça de assassinato

Lembrando sempre que você leitor e que gosta de política pode assinar nosso noticiário e ter com exclusividade e de graça todo o melhor conteúdo dessa área. Para isso, basta clicar no ícone de sino, que está localizado no lado esquerdo inferior da tela do seu computador ou celular. Em seguida, basta autorizar o recebimento das mensagens. Pronto, você está conectado com o melhor da informação.

Anúncios
TAGS

Tadeu Goulart

Jornalista e assessor de imprensa, formado pela UERJ. Apaixonado por literatura, cultura e o mundo POP. Dono da página "Série Vaga-Lume" do Facebook e divulgador oficial do site.

ARTIGOS RELACIONADOS