Partido Republicano saliva com a enorme vitória no financiamento de campanha do Citizens United

Os grupos podem trabalhar com os seus candidatos, desbloqueando milhões de dólares partidários para campanhas individuais e permitindo que os grupos partidários comprem tempo de televisão aos preços mais baixos oferecidos aos candidatos.

“O que eles estão tentando fazer é abrir outro cofre para que os candidatos obtenham grandes contribuições ilimitadas”, disse Tom Moore, ex-assessor de longa data do comissário democrata da Comissão Eleitoral Federal que trabalha no centro liberal. Progresso americano. “Não é dinheiro que eles precisam arrecadar em pequenos incrementos de dólares dos eleitores reais”.

Alguns dos principais democratas estão otimistas de que o caso prevalecerá. Mas se isso acontecer, há mesmo uma pequena, se não improvável, probabilidade de tal mudança antes das eleições de 2024.

Mesmo que os republicanos defendessem a posição, isso beneficiaria ambas as bancadas. Ainda assim, o Partido Republicano poderá beneficiar mais no início porque os seus candidatos, especialmente no Senado, têm lutado para igualar os totais de angariação de fundos de pequenos dólares dos Democratas. Um relaxamento das leis de despesas consolidadas permitiria o acesso ao dinheiro dos grupos partidários.

“Isto não é uma questão partidária. Durante décadas, esses limites na coordenação partido-candidato impediram a capacidade de ambos os partidos de fazerem exatamente o que deveriam: apoiar fortemente seus candidatos”, disse o conselheiro geral do NRSC, Ryan G. Dollar, em um comunicado.

O caso está atualmente perante um juiz do tribunal distrital de Ohio, que terá apenas que decidir se o enviará ao 6º Circuito para revisão. Esse juiz – o juiz Douglas Cole, nomeado pelo então presidente Donald Trump – deu aos republicanos uma nova esperança no início de agosto, quando ordenou um período de descoberta de três meses que teria sinalizado que o caso estava em uma ladeira escorregadia até o tribunal superior.

READ  A tempestade tropical Idalia ameaçará a Costa do Golfo e a Flórida esta semana

Os advogados da FEC, réu no caso, observaram nos autos que o juiz criou um “cronograma de descoberta extremamente rápido”. Especialistas em financiamento de campanha dizem que isso pode ser um sinal de que o juiz irá certificar a queixa e encaminhá-la ao Tribunal de Circuito para argumentos completos.

Na verdade, Kohli indicou no início deste mês aos advogados envolvidos no caso que estabeleceria um prazo rápido para levar os argumentos ao tribunal distrital, informado sobre as opiniões de uma pessoa ligada ao caso, mas não autorizada a divulgar. eles.

O 6º Circuito é uma bancada muito conservadora, com a maioria de juízes nomeados pelo Partido Republicano. Essa cadeira é uma vitória para o Partido Republicano. A FEC deveria encerrar o caso por um detalhe técnico ou transferi-lo para o tribunal federal em DC. Mas Kohli negou o pedido.

Alguns especialistas jurídicos lançaram dúvidas sobre a probabilidade de uma vitória do Partido Republicano. Os republicanos fizeram esforços semelhantes para reduzir os limites de gastos, especialmente em 2001, apenas para vê-los anulados pelos tribunais federais. Um caso da Suprema Corte do Colorado. Pelo menos um democrata proeminente acredita que o titular irá bloqueá-los novamente.

“Advogados diferentes podem ter pontos de vista diferentes”, disse Mark Elias, um importante advogado eleitoral democrata. “Mas a questão de saber se um tribunal inferior pode ou não anular uma decisão do Supremo Tribunal não é realmente uma questão de opinião.”

“Suspeito fortemente que o Supremo Tribunal não irá abordá-lo porque o Supremo Tribunal fez malabarismos com casos de financiamento de campanha e, na maior parte, há muitas questões que têm maiores prioridades para a maioria conservadora”.

READ  Foguete H2-A do Japão se dirige à Lua para tentar pousar

Ao abrigo da actual reforma do financiamento de campanha, os comités de campanha do Congresso Democrata e do NRCC podem gastar entre 59.000 e 119.000 dólares em coordenação com os seus candidatos. O NRSC e o Comitê de Campanha Democrata para o Senado poderiam gastar entre US$ 119.000 e US$ 3,6 milhões. Além disso, os grupos partidários devem contar com as suas funções de despesa independentes, conhecidas localmente como IEs.

Os braços de gastos independentes exigem um certo grau de separação. Os candidatos que não trabalham para o IE ou para os seus funcionários não podem coordenar-se diretamente com as pessoas da sua organização. Eles se comunicam em código sendo chamados de “.Caixas vermelhas”Em sites públicos escondidos durante campanhas publicitárias de outono na televisão.

A eliminação destes limites de gastos combinados melhoraria as convenções tanto para Democratas como para Republicanos. No entanto, os super PACs praticamente não são afetados.

Poucos eleitores médios, se é que algum, notarão uma diferença no âmbito da mudança nas leis de despesas, o que poderá permitir-lhes ver anúncios concebidos pelas campanhas dos próprios candidatos, em vez de anúncios concebidos por coligações.

“Há muito que nos queixamos deste esforço extra”, disse Nathan Klein, antigo chefe da operação de despesas independentes do NRSC. “Vamos gastar dinheiro de qualquer maneira, mas o que estamos fazendo é tornar a mensagem menos ressonante. Os eleitores merecem ouvir o candidato.

Mas bons grupos governamentais dizem que isso permite que os grandes doadores exerçam mais influência sobre os candidatos, mesmo que o público não perceba uma mudança nos gastos.

“Os doadores ricos que queiram obter apoio para um candidato podem redigir despesas coordenadas em nome desse candidato”, disse Michael Beckel, director de investigação da Issue One, um grupo político de combate ao branqueamento de capitais. “Limitações como essas são projetadas para evitar o aparecimento de corrupção e corrupção.”

READ  As 30 Melhores Críticas De refrigerador frost free Com Comparação Em - 2022

O Partido Republicano evitou várias regulamentações de financiamento de campanha durante décadas. Mas eles acreditam que nunca estiveram em melhor situação do que estão agora. No ano passado, o Supremo Tribunal votou por 6-3 para derrubar outro regulamento de financiamento de campanha, sinalizando a sua intenção de derrubar outras leis de longa data.

No entanto, os grupos partidários já podem contornar os actuais limites combinados de despesas elaborando um “anúncio híbrido” que defenda ou defenda a favor ou contra um candidato e um partido político. Por exemplo, a publicidade híbrida patrocinada pelo Sen. John Testador (D-Mont.) E a equipe de campanha democrata para o Senado deveriam atacar tanto o oponente republicano de Tester quanto o Partido Republicano como um todo – ou levantar tanto Tester quanto os democratas.

Esses anúncios são confusos. Sem mencionar que Montana é um estado vermelho, e o experimentador precisa cortejar os eleitores do Partido Republicano para vencer.

O juiz do tribunal distrital indicou que decidiria em Novembro sobre a possibilidade de enviar o caso ao tribunal distrital.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top